quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Adaptação na escola

O início das aulas muitas vezes amedronta Papais e mamães de primeira viagem. É a primeira vez que seus bebês serão entregues aos cuidados de uma pessoa que não é da família ou não é a própria mãe.
O momento não é tão fácil nem para as mães nem para as crianças, mas será mais suave se a mãe tiver muita clareza e certeza de que este é o momento certo para que sua criança comece a ver o mundo pelos olhos da escola. Quanto mais a mães estiver tranqüila com sua decisão, mais a criança sentirá-se segura neste dia.






Seguem aqui algumas dicas:
1. Enquanto vão conhecendo as escolas os pais devem incentivar a criança a freqüentar a instituição, mostrando a alegria de conviver com outros amigos, pintar, desenhar, brincar... Tudo isto é muito importante. È bom que a criança possa conviver com outras crianças que já estão acostumadas ao contexto escolar, folhear caderninhos de atividades, conhecer músicas que o amiguinho já canta na escolinha por exemplo.
2. Peça indicação a amigos de instituições de ensino de confiança. Visite a escola, retire todas as suas dúvidas sobre tudo, tudo... Metodologia de ensino, rotina, lições de casa, preparo dos professores...
3.Principalmente se a criança for pequenina, veja se há salas e berçaristas que estejam preparadas às necessidades da idade. Locais de dormir, chão acolchoado onde não se anda de sapatos, material para estimulação, nutricionistas, cuidados com tomadas, cantoneiras nos armários...
4. Na primeira semana de aula, tente ter a sua agenda mais flexível, caso a criança precise que você vá buscá-la.
5. A professora é autoridade em sala de aula. Se tiver dúvida, converse com ela. Não a desautorize na frente da criança. Se você puder ficar na escola ou na sala de aula, não interfira no que aconteça, a não ser que a professora permita. Reforce a importância da criança confiar em outro adulto e pedir ajuda quando necessário à professora.





Mas sempre é fundamental lembrar. O equilíbrio e o exemplo dos pais é a fortaleza da criança. Se a mãe chora ao entregar o filho na escola, fala mal de professores e da instituição, não há como os pequeninos sentirem-se confiantes. Você é o espelho dele.
Se seguir as dicas, jájá o desconforto passará e você começará a mostra a importância da escolaridade aos pequeninos, e verá a escola como sua parceira.


Boa volta às aulas!

CURTA A PÁGINA DA NOSSA COLABORADORA E




 ACOMPANHE SEU TRABALHO: Clique aqui