sexta-feira, 15 de maio de 2015

18 de Maio - Dia nacional de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Dia 8 de Abril de 1973, tornou-se uma data marcante para todos nós brasileiros. A menor, Araceli Cabrera Sanches, de apenas 8 anos de idade, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família do Espírito Santo. Apesar do caso de ter ido parar na mídia, os acusados, não foram presos, e muito menos denunciados. 

Uma população, que se sentiu revoltada pelo acontecimento barbárie e ao mesmo tempo acuada pelo fato dos assassinos pertencerem a uma família influente da cidade de Vitória - E.S, nada fizeram. Calaram-se diante de tamanha crueldade!

E quantos casos continuam acontecendo?

E quantas crianças continuam sendo vítimas de uma sociedade que se cala diante de um crime cruel e imperdoável? 

O intuito deste artigo é alertar a todos, principalmente a vocês mães, orientem seus filhos! Infelizmente o mundo está cada vez mais violento e as nossas crianças ficam muito mais expostas. Explique aos seus filhos, que o seu corpo não pode ser tocado por ninguém, que não sejam pessoas próximas e da sua confiança. Não permita que seus filhos fiquem com qualquer pessoa, nem se você tiver que ir a esquina. 
Arrume um jeito e palavras adequadas, para orientar seus filhos! Não confie em qualquer pessoa...Nunca sabemos o que tem na mente e no coração das pessoas!

E se você, viu alguma cena, ou desconfia se alguma criança está sendo abusada, fique atenta. Na dúvida, procure um profissional, um psicólogo especialista em atendimento infantil, saberá como conduzir está questão. Não deixe que outras "Araceli" percam a sua inocência ou morram cruelmente!

A denúncia é mantida em sigilo, DISQUE 100!

Um drama deste tipo deixa marcas para uma vida inteira.

Diferença entre Abuso e Exploração Sexual

abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha e poderosa. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele, e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor. O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual.

Denúncias

No Brasil  o “Disque 100”, criado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, é um serviço de recebimento, encaminhamento e monitoramento de denúncias de violência contra crianças e adolescentes. Os dados mostram que, de março de 2003 a março de 2011, o Disque recebeu 52 mil denúncias de violência sexual contra este público, sendo que 80% das vítimas são do sexo feminino.

O Disque 100 funciona diariamente de 8h às 22h, inclusive aos finais de semana e feriados. As denúncias são anônimas e podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita para o número 100; e do exterior pelo número telefônico pago 55 61 3212-8400 ou pelo endereço eletrônico: disquedenuncia@sedh.gov.br.
 A intenção do 18 de maio é destacar a data para mobilizar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta e proteger nossas crianças e adolescentes. A data reafirma a importância de se denunciar e responsabilizar os autores de violência sexual contra a população infanto-juvenil.

Símbolo
A campanha tem como símbolo uma flor, como uma lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança. O desenho também tem como objetivo proporcionar maior proximidade e identificação junto à sociedade, proximidade e identificação com a causa.
Esse símbolo surge durante a mobilização do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes de 2009. Porém, o que era para ser apenas uma campanha se tornou o símbolo da causa, a partir de 2010.
Para alcançar esse objetivo, é necessário que a sociedade em geral Faça Bonito na proteção de nossas crianças e adolescentes.





Chamada

O slogan Faça Bonito - Proteja nossas crianças e adolescente quer chamar a sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes no Brasil.

Lei
Lei 9.970 – Institui o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infanto-juvenil
Art. 1º. Fica instituído o dia 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.


Referências: http://www.acolhida.org.br/18-de-maio-dia-nacional-de-combate-a-exploracao-sexual-de-criancas/

http://facabonitocampanha.blogspot.com.br/p/o-slogan-faca-bonito-proteja-nossas.html


Acesse outros sites que abordam o assunto:

ABUSO SEXUAL É O SEGUNDO TIPO MAIS COMUM DE VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇA:

http://drauziovarella.com.br/crianca-2/abuso-sexual-e-o-segundo-tipo-mais-comum-de-violencia-contra-crianca/

http://www.marisapsicologa.com.br/abuso-infantil.html

Por Karla Carvalho



Nenhum comentário:

Postar um comentário