sexta-feira, 5 de junho de 2015

Psicopedagogos reivindicam regulamentação do exercício da atividade de psicopedagogia

Psicopedagogos reivindicam regulamentação do exercício da atividade de psicopedagogia
ter, 03/06/2014 - 9:41am
A Comissão de Educação, Cultura e Esporte realizou, no último dia 3 de maio, audiência pública para debater a regulamentação da atividade dos psicopedagogos, que é objeto do projeto de lei da Câmara 31/2010. Participaram do debate uma representante da categoria, que defendeu a regulamentação, além de representantes de psicólogos e fonoaudiólogos, que argumentaram contra a aprovação do projeto.
A presidente da Associação Brasileira de Psicopedagogia, Quézia Bombonatto, explicou que a atividade lida com o processo da aprendizagem, levando em consideração a influência do meio, como a família, a escola e a sociedade. Ela informou que a psicopedagogia é praticada no país há 35 anos, tendo desenvolvido, ao longo do tempo, produção acadêmica e ferramentas próprias, e que há hoje mais de 150 mil psicopedagogos no Brasil. Quézia Bombonatto assegurou que a atuação do psicopedagogo não invade as áreas de atuação de outros profissionais e argumentou que a sociedade já legitimou a prática, que, segundo ela, já é regulamentada em vários países.
A regulamentação é questão de disciplinamento. Se já há mais de 150 mil profissionais na área, é importante haver disciplinamento. Já temos código de ética, mas é importante que tenhamos respaldo da lei – disse. Participaram da mesa, representantes de outras categorias que se posicionaram contra a regulamentação da profissão do psicopedagogo: a presidente do Conselho Federal de Fonoaudiologia, Bianca Queiroga; Celso Tondin, integrante do Conselho Federal de Psicologia e a diretora da Associação Brasileira de Ensino de Psicologia, Alayde Maria Digiovanni.
Ao final do debate o relator do projeto na CE, senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), disse acreditar que na negociação que resulte no consenso entre as diversas categorias, de modo que seja possível regulamentar a atividade e resguardar as competências dos demais profissionais. O presidente da comissão, senador Cyro Miranda (PSDB-GO), disse que solicitará aos ministérios do Trabalho, da Saúde e da Educação que se manifestem a respeito da regulamentação da atividade de psicopedagogia.
Fonte: Portal de Notícias, Agenda do Senado. Em itálico, recordes da publicação de Moisés de Oliveira Nazário.
Extraído:http://www.abpp.com.br/regulamentacao-do-exercicio-da-atividade-de-psicopedagogia

Nenhum comentário:

Postar um comentário