sábado, 16 de julho de 2016

FÉRIAS!! Sugestões de brincadeiras - Crianças de 8 a 12 anos!

Futebol de botão:

Material:
Os times de futebol de botão são vendidos em lojas de brinquedos ou até em lojas de preços populares, mas nada impede de você usar tampinhas de garrafas (11 para cada jogador de cada time), caixas de fósforos vazias (2 para os goleiros de cada time) uma bilinha de papel alumínio ou pedrinha (para a bolinha) e 3 pedaços de papelão para construir cada trave do gol.

Regras:
Jogam 2 participantes por vez. Se houverem mais crianças é necessário que combinem antecipadamente a quantos gols feitos termina cada partida. Cada criança organiza seus jogadores e goleiro como quiser. Ao decidirem quem inicia a partida, é só colocar a bolinha à frente do jogador e, tocando no jogador, fazer a bolinha andar no sentido ao gol do adversário. Cada criança deve passar a vez ao seu oponente sempre que a bolinha tocar no jogador do time adversário.
Ganha o jogo quem chegar a quantidade de gols pré determinada (ou fizer mais gols).

O que trabalha?
Tolerância à frustração (ganhar, perder);
Freio inibitório (a criança tem que aguardar sua vez);
Estratégia ( a criança tem que pensar constantemente em seu objetivo de fazer os gols e como deve mexer em seus jogadores para alcançar sua meta);
Motricidade fina ao dar o “peteleco” com os dedos para mexer o jogador e a bolinha e calcular a necessidade exata de força para que a bolinha não vá muito para longe ou para perto e nem atinja o jogador adversário.



Caça ao tesouro

Material:
Papel e caneta para escrever as pistas e recompensas como balas, chicletes,chocolates, bonequinhos ou qualquer coisa que as crianças gostem.

Regras:
Deve-se escrever num papel as pistas. A primeira delas deve dar indícios de onde está a segunda pista e assim por diante. As pistas devem ser escondidas sem que as crianças as vejam. A primeira é dada às crianças para que com a dica dela possas achar a segunda e assim consecutivamente, até encontrarem o prêmio final.
O que trabalha?
Tolerância à frustração (ganhar, perder)
Trabalho em grupo (a brincadeira fica mais divertida se formarem-se grupos para que possam competir.
Leitura, interpretação de texto e raciocínio: Para encontrar a próxima pista e achar o prêmio as crianças precisarão de todos estes artifícios;
Motricidade grossa, sentido de direção: as pistas sempre tem informação de direita, esquerda, acima,abaixo...




Repórter da TV:

Material:
Um objeto para simbolizar um microfone, caixas de papelão para as câmeras e para a bancada. Roupas velhas para construir o “personagem”.

Regras:
Aqui a criatividade rola solta. As crianças decidirão sobre o que falarão, com quem falarão, quem será o âncora, o repórter e o entrevistado.

O que trabalha?
Criatividade
Imaginação
Conteúdo




As brincadeiras não tem idade. Papais, mamães, titio e titia estão convidados. É diversão à toda prova!

POR VIVIAN CAMILA

CURTA A PÁGINA DA NOSSA COLABORADORA E

 ACOMPANHE SEU TRABALHO: Clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário