domingo, 7 de agosto de 2016

O sono de nossas crianças

Semana passada, conversamos sobre como iniciar a arrumação das coisas para a volta às aulas e o sono foi uma das necessidades.
Muitos pais assustaram-se com a hora que as crianças precisariam estar na cama para poderem dormir bem e estarem preparadas para um bom aprender no dia seguinte. Muitos pais nem estão em casa no horário que seria suficiente para a criança dormir pelo tempo necessário .
 Neste caso, seria interessante que os pais pudessem ao menos fazer a primeira refeição do dia com as crianças caso não queiram extrapolar muito o horário do sono noturno. Não importa o momento do dia que estamos com nossas crianças e sim o quanto estamos disponíveis para ficar com eles naquele momento. É pouco válido, por exemplo, deixar as crianças dormirem mais tarde para ficarmos com elas se, cansados do trânsito e do trabalho, usamos este momento com raiva, ou ainda com a criança ao nosso lado mas estamos resolvendo coisas ao celular ou assistindo ao noticiário ou à novela. É mais produtivo, acordarem um pouco mais cedo, tomarem café juntos e conversarem, bem mais descansados.
Outro fator sempre pontuado por mim é o exemplo. Filhos seguem exemplos mais facilmente do que ordens. De nada adianta dizer para ele dormir cedo se você fica vendo televisão na madrugada. É sabido a vida adulta traz preocupações e problemas que tem a necessidade de serem resolvidos, mas a higiene do sono no adulto com certeza o ajudará, mais bem disposto, a resolver suas demandas com maior agilidade e qualidade.
Olhem que interessante este iconográfico que explica como o sono ajuda o cérebro a gravar cada conteúdo:




Seguem algumas dicas:
*Na hora do sono, a casa deve estar mais tranqüila. Sons mais baixos da TV, computadores ou música. Invista também em abajoures. O do quarto, se possível com uma luzinha azul, que acalma e induz ao sono.
*A leitura de uma estorinha é sempre bem vinda. É um momento precioso para pais e filhos. Mas é uma estorinha e não o livro inteiro. Criança é esperta e na maioria das vezes prefere brincar a dormir. Se não houverem os combinados, jájá são 3 horas da manhã e os pais estão ainda lendo.
*Banho quente, leite morno ou chá, ajudam a relaxar e são ótimos para o sono. Também é uma boa idéia espirrar um pouquinho de perfume de lavanda nos lençóis.
* Outra coisa que induz ao sono são as atividades físicas. Crianças jovens e adultos que se mexem bastante, praticam esportes, correm e brincam, tem um sono de melhor qualidade. Vamos colocar as crianças para correr, pular, andar de bicicleta, jogar bola, peteca... Isso ajuda a dormir melhor e aprender mais!
*Tv , computador ou tablets no quarto estão proibidos. Estes eletrônicos devem ficar na sala, para que sejam uma ferramenta para unir a família e não para colocar cada um para um canto. Assim, além da convivência , os pais acompanham o que as crianças vêem, podem negociar o quem vai usar o que, o que assistirão juntos ou o que é impróprio, além de permitir que a família converse mais, conhecendo o que cada um gosta, pensa ou sente.
*Hábitos são difíceis de serem mudados e tem que ter a sua devida importância desde a infância. Não adianta querer que um adolescente se prepare para dormir cedo se sempre dormiu tarde, portanto é bom sim ter rotina. Ela pode ser vista como chata para adultos, mas é  uma boa referência para as crianças.
* De início, a criança pode resistir, principalmente se assim que ela pegar no sono você correr para a televisão  ou ligar o vídeo game em bom e alto volume. Se a criança acordar e o ver lendo, tomando um chá por exemplo, ela não terá nada de interessante para acompanhar, então reclamará menos ao voltar para a cama.
* Você pode estar achando que sua vida de relaxamento acabou depois que seu filho dormiu, certo? Não, é apenas pelo tempo que ele criar o hábito. Depois sentirá-se mais disposto e acostumado com o horário e organizará-se por si só. Além disso você poderá desfrutar mais da companhia de seu maior orgulho, seu filhote!

*Papais, sejam persistentes, isto será muito bom para a saúde mental e o desempenho escolar deles, e, de quebra, o ajudará a ter hábitos mais saudáveis na sua vida.

Por Vivian Camila.

CURTA A PÁGINA DA NOSSA COLABORADORA E
 ACOMPANHE SEU TRABALHO: Clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário