Como acompanhar o desempenho escolar das crianças?


Mais um período escolar está se iniciando. Você nem deve lembrar-se mais como foi o ano passado, das dificuldades ou facilidades que ele trouxe, afinal, “ano novo, vida nova”, não é mesmo?

Mas saiba que, independente do ano que seu filho esteja cursando, é muito importante que pais acompanhem o desempenho escolar durante o ano todo, incluindo o início do período letivo. Acompanhar a criança não é apenas pegar as notas, comparar com as notas do colega e dar bronca se preciso for.

É na escola que nossos filhos passam a maior parte de seus dias e de sua vida quando crianças e adolescentes. E é neste mesmo espaço que muitas vezes as coisas começam a ir mal. Algumas perguntas são necessárias de serem feitas:

Para menores:

·      Meu filho adaptou-se a rotina da escolinha? 
    E à nova professora, ele conseguiu-se vincular?  
    Está fazendo atividades que estimulem sua criatividade de acordo com sua faixa etária?

Aos maiorezinhos:

·   Como é seu ritmo de aprendizagem? 
   Mas rápido, igual ou mais lento ao esperado para a turma toda? 
   E quanto aos amigos, socializa-se bem? 
 Apresenta facilidade em brincar, conhecer novas pessoas , é isolado ou ridicularizado pelos amigos? 
   Critica e desrespeita colegas e às vezes até professores?




Aos adolescentes e pré adolescentes:

·  Quem são os amigos de meus filhos, saberia dizer e o que gostam ou não de fazer? 
   Você conhece pais, sabem onde moram?
Percebe quantas coisas tão importantes quanto as notas acontecem na escola? 

Obviamente o rendimento escolar pode nos dar muitas pistas sobre o que acontece com nossas crianças, mas conhecer colegas, ouvir professores e coordenadores sobre o comportamento das crianças também é de vital importância.

Idas às reuniões, acompanhar cadernos e agendas  analisar se a criança está estudando para as provas também são tarefas inerentes às responsabilidades dos pais.

Caso tudo esteja correndo bem, ótimo. Se por ventura houver alguma dificuldade, a escola poderá ser sua parceira e ajudá-lo a entender o que está acontecendo com seu filhote e ajudá-lo o mais rápido possível.

Boa volta às aulas!

CURTA A PÁGINA DA NOSSA COLABORADORA E





 ACOMPANHE SEU TRABALHO: Clique aqui



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ETAPAS EVOLUTIVAS DO DESENHO INFANTIL SEGUNDO PIAGET

Dificuldades de aprendizagem específicas: Dislexia, Disgrafia, Disortografia e Discalculia.

MODELO DE QUESTIONÁRIO PARA INSTITUIÇÃO ESCOLAR